terça-feira, 16 de janeiro de 2018

O lado perverso das mulheres

Acho piada ás mulheres. São do mais invejoso que há e nisso ninguém as bate. E quando se cruzam com mulheres que queiram ficar em forma, então isso é o descalabro total.
Mulheres que gostam de treinar, que fazem ginástica regular ou que a queiram começar a fazer, para ter um corpo mais bonito e elegante, são basicamente mulheres "a abater".
Tudo é criticado, as novas escolhas alimentares, as restrições, e vêm os ataques. "Ai se eu deixava de comer pão!", "Estás a ficar obcecada."
Nenhuma mulher suporta que fiques mais magra que ela, ou com uns abdominais mais definidos, então as opções serão juntar-se a ti, e aí treina para o mesmo objectivo, ou, criticar. Basicamente deitar abaixo tudo o que fazes ou tentas fazer.
As mulheres são competitivas por Natureza e essa competitividade é afectada quando se cruzam com outra que teve, no fundo mais ousadia para fazer as coisas que a primeira gostaria de fazer mas não tem coragem.
Não há um mundo cor de rosa, onde as mulheres sejam na totalidade: amigas verdadeiras, confidentes e honestas. Em algum momento elas vão cobiçar, ficar com aquele bichinho a morder la dentro que as lembra que a amiga do lado é mais magra, mais bonita ou tem um marido melhor que a compreende e ajuda.

É assim e não há volta a dar. Ignora, vira a página e sê aquilo que queres ser.

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Hoje era aqui...


Momentos perfeitos

Parece que sem darmos por ela, a vida acaba por se tornar numa espera, numa procura de um momento perfeito. 
Procuramos o momento perfeito para trocar de emprego, procura de um momento perfeito para casar, momento perfeito para ter um filho, momento perfeito para comprar casa e mais um monte de coisas. 
Com essa procura vamos adiando tudo, porque o momento perfeito nunca chega, por não termos dinheiro, ou porque andamos mais stressados, ou porque estamos ainda muito acomodados para mudar.
Procuramos momentos perfeitos para tudo, e apesar de sabermos lá no fundo que o momento perfeito para o que queremos, não existe, continuamos à espera na mesma, na esperança que ele apareça.
O momento perfeito não existe. Não existe agora, não existe amanhã, nem existe nunca.
Nunca todas as condicionantes estarão reunidas para o que queremos, falta sempre alguma coisa. Ás vezes é preciso arriscar, sem medo, com confiança que tudo se arranjará e optar pela mudança. 
Não sabemos o futuro, não sabemos se algum dia vai aparecer o momento que queremos e no entretanto estamos a perder tudo!

domingo, 14 de janeiro de 2018

Aos Domingos uma receita

Atum á Brás.
Receita inspirada no Bacalhau á Brás, mas naqueles dias em que ves que não tens Bacalhau.

Ingredientes
2 latas Atum pequenas
1 Tomate pequeno
1 embalagem Batata palha pequena
2 dentes Alho
1 Cebola média
2 Ovos
1 fio Azeite
1 Salsa picada
1 pitada Sal
1 pitada Pimenta
Meia dúzia de Azeitonas

Instruções de preparação
Comece por deitar um fio de azeite numa panela a adicione a cebola e o alho picados e o tomate triturado, deixando cozinhar em lume brando até alourar.
Acrescente as latas de atum previamente escorridas e tempere com pimenta e sal, mexendo de modo a envolver todos os ingredientes. Deixe cozinhar em lume brando durante 1 a 2 minutos.
À parte bata os ovos com um garfo. Adicione depois à panela com o atum, mexendo continuamente. Deixe cozer durante aproximadamente 2 minutos em lume brando. Acrescente a salsa picada e envolva.
Retire do lume e deixe apurar. Junte finalmente uma porção de batata palha e envolva. Sirva com azeitonas pretas ou verdes.