segunda-feira, 24 de julho de 2017

O meu filme do fim de semana

Justiça.
Depois da sua esposa ser violada, o seu marido (Nicholas Cage), aceita a proposta de um grupo de vigilantes para o ajudar a acertar as contas com o violador. O problema é que a proposta engloba uma especie de favores em cadeia e e eles vão querer "favor" dele em troca. Matar um homem.
Um filme fantastico que prende ate ao ultimo minuto.


domingo, 23 de julho de 2017

Aos domingos uma receita



Pão de banana
Por esta ordem, misture bem 1 chávena de bananas esmagadas, 1 chávena de açúcar mascavado, 2 ovos, 4 colheres de sopa de óleo, 1/4 de copo de leite, 1 colher de chá de bicarbonato de sódio, 1 colher de sobremesa de canela em pó, 2 chávenas de farinha de trigo e 1 colher de chá de fermento em pó até obter um creme liso. 
Deite numa forma de bolo inglês previamente untada eleve ao forno já aquecido a 180º até o palito sair seco.
Bom apetite! 

sábado, 22 de julho de 2017

Hoje vou....







.... fazer uma aula de Pilates Clinico e estou nervosa.
Nunca gostei muito de aulas de grupo, mas desta vez vou experimentar porque já ouvi falar maravilhas dos benefícios do Pilates. Pilates é um método de controlo muscular desenvolvido por Joseph Pilates na década de 1920. O Pilates clinico por sua vez é um modificação do método inicial e consiste num conjunto de exercícios, adaptados dos exercícios originais que trabalham tudo aquilo que precisamos no nosso corpo e que no fundo passa despercebido no nosso dia a dia mesmo para quem faz exercício regular. O Pilates fornece fortalecimento muscular, aumento da flexibilidade, alinhamento corporal, melhoria da respiração, alivio do stress, optimização da coordenação motora e uma melhoria da consciência corporal.Vou experimentar, depois digo algo.

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Pais dos nossos pais



Muitas vezes não paramos para pensar nisso, mas os nossos pais estão a envelhecer.  E a verdade é que temos que estar preparados para quando essa fase chegar. A velhice torna-os carentes, necessitados de atenção, mimo e de ouvidos pacientes que escutem as suas histórias, vivencias e lembranças. São essas lembranças que farão com que eles se sintam vivos.
O processo é o normal, os seus ossos  vão ficar mais fracos, assim como os dentes, as peles caídas, o corpo mais franzino. A mente fica mais confusa e vai fazer com que repitam as coisas mais vezes, demoram mais tempo a contar as histórias e isso vai por a prova a nossa paciência.
Tentarão provar-nos que alguma coisa na nossa vida ocorreu exactamente da forma como descrevem, e mesmo que saibamos a verdade, concordar pode ser a melhor decisão, pois estão mais sensíveis com a idade.
Os papéis invertem-se. Por muitos anos necessitamos dos cuidados dos nossos pais e agora são eles que mais precisam de nós. Mais do que coisas físicas, precisam da nossa atenção e companhia. Paciência  ao esperá-los quando os seus passos estiverem lentos e as pernas fracas  e de saber ouvir quando a fala  estiver confusa.
Tudo isto é meio assustador, percebermos que temos que assumir o papel de pais de nossos pais, mas no fundo faz parte da vida!